Oradores

img
hazul
Hazul
Assim é definido pelo Festival Walk and Talk : ” A arte do autodidacta do Porto, Hazul, é uma mistura bem condimentada. Apresenta um bestiário interessante: serpentes que parecem pássaros do paraíso, figuras protoxamânicas, seres de outra galáxia e de outra dimensão. Influências orientais ou de civilizações mais recônditas, parecem ter inspirado Hazul. Corações, muitos corações, Nossas Senhoras, todo um imaginário que nos remete para o nosso Portugal tradicional. Nesta criação urbana surgem de forma inesperada imagens quase simbólicas que nos fazem lembrar uma tradição gótica ou românica, herméticas, fortes e bem marcantes.”

Do seu currículo constam vários trabalhos em escolas e estabelecimentos comerciais, assim como demonstrações ao vivo e participações em eventos. Além das inúmeras pinturas murais, o seu trabalho de atelier tem sido exposto, de forma individual e coletiva, em diversos locais, tais como: Fundação da Juventude, Axa Seguros, Galeria Vieira Portuense, Museu Municipal Carmen Miranda, Galeria Almadas, Hard Club, etc.

 

(Foto: Luís Ferraz)